Descanso das Letras

Discussão acerca de Literatura
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 VERSIFICAÇÃO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
rommel

avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 30
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: VERSIFICAÇÃO   Seg 22 Nov 2010, 04:30

Este tópico tem por objetivo reunir interessados para o estudo sadio de versificação, assunto que envolve:


- versos isométricos, versos heterométricos e versos livres;
- escansão
- estudo de rimas;
- estudo de formas fixas e não-fixas;
- figuras de linguagem e demais recursos poéticos


Recomendo este texto publicado no site gótico Spectrum http://www.spectrumgothic.com.br/literatura/elementos.htm embora haja textos melhores sobre o assunto, sempre precisamos pesquisar!


São muitos os pontos estudados no site e na vida, então podemos dialogar, pesquisar e explicar um ponto por vez.


__________________________________________________________________________________________________________________________



Primeiramente, já posso adiantar que toda poesia possui métrica, afinal, todos os versos apresentam sílabas. A diferença está na quantidade e tonicidade específica dos versos.


- Versos isométricos: apresentam um ritmo regular evidenciado pela mesma quantidade de sílabas em todos os versos do poema. No exemplo abaixo, todos os versos possuem 10 sílabas sendo que a sexta sílaba é sempre tônica.


"Querida, ao pé do leito derradeiro
Em que descansas dessa longa vida,
Aqui venho e virei, pobre querida,
Trazer-te o coração do companheiro.
[...]"

Machado de Assis



- versos heterométricos: são os versos de diferentes medidas, usados em um mesmo poema. O poema "A uma senhora que me pediu versos" possui dois versos diferentes: um verso de 7 sílabas e outro de 4 sílabas.


"Pensa em ti mesma, acharás
Melhor poesia,
Viveza, graça, alegria,
Doçura e paz.
[...]"

Machado de Assis



-versos livres: não os versos que não obedecem nenhum esquema exterior, mas possuem seu ritmo regulado pelo autor. Manuel Bandeira diz que por esta razão versos livres são mais difíceis de escrever.


"Quando vi Teresa de novo
Achei que os olhos eram muito mais velhos que o resto do corpo
(Os olhos nasceram e ficaram dez anos esperando que o resto do corpo nascesse)
[...]"

Manuel Bandeira


Temos estes três tipos de versos e cabe ao escritor optar e ver com qual seu poema ficará melhor. Bem, por enquanto, é isto. O assunto rende pano pra manga....














Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.poesiaretro.blogspot.com
rommel

avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 30
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: PRIMEIRO EXERCÍCIO   Sex 26 Nov 2010, 11:49

Vamos lá! Quem se oferece para escandir, isto é, contar as sílabas aqui do Pe. Anchieta?


Cordeirinha linda,
como folga o povo
porque vossa vinda
lhe dá lume novo!



Não vale usuário que já conhece métrica, precisa ser alguém iniciante. Vamos lá, quem pode arriscar?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.poesiaretro.blogspot.com
Francisco Silva de Castro



Mensagens : 2
Data de inscrição : 27/11/2010

MensagemAssunto: Re: VERSIFICAÇÃO   Sab 27 Nov 2010, 10:49

rommel escreveu:
Vamos lá! Quem se oferece para escandir, isto é, contar as sílabas aqui do Pe. Anchieta?

Cordeirinha linda, 5
como folga o povo 7
porque vossa vinda 6
lhe dá lume novo! 6





Não vale usuário que já conhece métrica, precisa ser alguém iniciante. Vamos lá, quem pode arriscar?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rommel

avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 30
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: VERSIFICAÇÃO   Sab 27 Nov 2010, 11:14

Francisco Silva de Castro escreveu:
rommel escreveu:
Vamos lá! Quem se oferece para escandir, isto é, contar as sílabas aqui do Pe. Anchieta?

Cordeirinha linda, 5
como folga o povo 7
porque vossa vinda 6
lhe dá lume novo! 6





Não vale usuário que já conhece métrica, precisa ser alguém iniciante. Vamos lá, quem pode arriscar?



A divisão abaixo diz respeito às sílabas gramaticais, mas podemos fazer a escansão assim como no primeiro verso cujas sílabas gramaticais são 6, mas 5 no que tange métrica. AS sílabas poéticas estão, na verdade, relacionadas à Fonética, a forma como nós falamos.


*Primeira regra: contar até a última sílaba tônica. Por esta razão, encerramos a escansão na primeira sílaba da palavra linda


Cor/ dei / ri / nha / lin //da, 5 sílabas poéticas


* Segunda regra: num processo de elisão juntamos as vogais átonas.


co/ mo / fol/ ga o / po //vo


E assim continua...
por/ que / vo/ ssa / vin // da

lhe / dá / lu/ me / no//vo!


Todos os versos aqui mostrados possuem a mesma quantidade de sílabas, são versos de 5 sílabas, denominado pentasílabos ou mais conhecidos por redondilha menor. Vale também lembrar que além da 5a sílaba ser tônica, há um acento secundário nas 3as sílabas.


Cordeirinha linda,
como folga o povo
porque vossa vinda
lhe dá lume novo!


A métrica consiste na alternância entre as sílabas tônicas e átonas, perceba o ritmo regular! Sobre esta estrofe, antes de passarmos para um próximo exercício, convém falar no esquema de rimas.

Usamos letras iguais para rimas iguais


Cordeirinha linda, A
como folga o povo B
porque vossa vinda A
lhe dá lume novo! B


Este tipo de rima, quanto à posição chamamos de rimas alternadas.

Quanto ao conteúdo, são rimas ricas pois temos palavras de classes gramaticais diferentes


linda (adjetivo)
vinda (substantivo)

povo (subst.)
novo (adj.)


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.poesiaretro.blogspot.com
Fiore



Mensagens : 19
Data de inscrição : 16/12/2010

MensagemAssunto: Re: VERSIFICAÇÃO   Qua 17 Ago 2011, 18:31

Alô pessoal. Estou estudando algo sobre pausas, cesuras, hemistíquios, heterostíquios...
As informações que tenho ainda não me satisfizeram, razão pela qual lanço o assunto para discussão.


Alguém tem alguma informação a mais?

* Pausa = silêncio

* Pausa gramatical = no final do verso, a pausa que se faz por meio de pontuação.

* Pausa versal = no final do verso, a pausa que se faz sem pontuação.

* Pausa interna = ?????????????????

* Pausa estrófica = é a pausa que se faz entre uma estrofe e outra.

* Pausa média ou cesura = ??????????????????

* Hemistíquio = já bem discutido no grupo de soneto.

* Heterostíquio = verso com cesura que formam partes com número de sílabas diferentes.

* Braquistíquio = ?????????????????????????????

* Cesura épica = verso decassílabo com cesura que forma dois hemistíquios de cinco sílabas cada.

* Cesura lírica = verso decassílabo com cesura que forma dois heterostíquios: o primeiro com quatro sílabas e o segundo com seis sílabas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: VERSIFICAÇÃO   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
VERSIFICAÇÃO
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Descanso das Letras :: TEORIA / CRÍTICA LITERÁRIA-
Ir para: