Descanso das Letras

Discussão acerca de Literatura
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Decassílabos desclassificados

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Decassílabos desclassificados   Sex 19 Nov 2010, 13:04

Poesia ou morte?

Faço uma Ode pro louco de pedra
que queda-se bruto, ou puto em poesia!
Faço uma Ode do tipo que medra
alma insincera, quimera do mal.

Faço uma Ode ao Febo elegante,
pois quem garante não vai se dar bem?
Faço essa Ode assim dissonante
nesse rompante que faz-me ir além.

Faço uma Ode traçando o desenho
que tenho do louco bardo de morte.
Ele consorte sensível da vida,
eu, já sem brida, morrendo de dor,
rosto sem cor e o olhar de urso panda;
faço uma Ode como alguém que manda
breve recado que diz do fulgor
desse versejo que tinge de ardor
o que é retrô, mas apraz à beleza!

Ronaldo Rhusso


Última edição por RONALDO RHUSSO em Sex 19 Nov 2010, 13:31, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Inspira, expira, inspira...   Sex 19 Nov 2010, 13:31

Para ir além de uma simples subida
meu coração que é de pedra acelera.
Essa pressão diastólica em cima
E eu nessa rima quase encadeando
No respaldar decassilabeirando;
nessa toada que imprimo na pele.

Alma revele o que pensas do azul!
Diz que essa dor me sufoca e enfraquece,
mas ta vencida porque sou mais forte!
Vai, pobre alma, e não me abandona!
Quero ir à tona provar desse ar
já viciado, apesar da floresta,
da grande montanha que é o que me resta...


Ronaldo Rhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
rommel

avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 30
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Decassílabos desclassificados   Qui 17 Fev 2011, 12:40

RONALDO RHUSSO escreveu:
Poesia ou morte?

Faço uma Ode pro louco de pedra
que queda-se bruto, ou puto em poesia!
Faço uma Ode do tipo que medra
alma insincera, quimera do mal.

Faço uma Ode ao Febo elegante,
pois quem garante não vai se dar bem?
Faço essa Ode assim dissonante
nesse rompante que faz-me ir além.

Faço uma Ode traçando o desenho
que tenho do louco bardo de morte.
Ele consorte sensível da vida,
eu, já sem brida, morrendo de dor,
rosto sem cor e o olhar de urso panda;
faço uma Ode como alguém que manda
breve recado que diz do fulgor
desse versejo que tinge de ardor
o que é retrô, mas apraz à beleza!

Ronaldo Rhusso



Febo aprovou....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.poesiaretro.blogspot.com
Miguel Eduardo Gonçalves



Mensagens : 126
Data de inscrição : 19/04/2012

MensagemAssunto: DUPLA DIREÇÃO...    Qua 25 Abr 2012, 07:30

-


Última edição por Miguel Eduardo Gonçalves em Qui 21 Ago 2014, 15:29, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Decassílabos desclassificados   Qui 26 Abr 2012, 20:35

Muito bom, Miguel!


Miguel Eduardo Gonçalves escreveu:


No íntimo das minhas fantasias
Esteja o espaço que a beleza ocupa
Sem norte como tu me acaricias
Fazendo que a emoção fique maluca
Sentida numa dança imponderada
Paixão sensacional que doma os dias
E ardente explode em única lufada
Aroma que me toca as cercanias
E faz suar a mente de tarada
Furor que em graça tímida abrevias


Furor que em graça tímida abrevias
E faz suar a mente de tarada
Aroma que me toca as cercanias
E ardente explode em única lufada
Paixão sensacional que doma os dias
Sentida numa dança imponderada
Fazendo que a emoção fique maluca
Sem norte como tu me acaricias
Esteja o espaço que a beleza ocupa
No íntimo das minhas fantasias

(Miguel Eduardo Gonçalves)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
Miguel Eduardo Gonçalves



Mensagens : 126
Data de inscrição : 19/04/2012

MensagemAssunto: RIMAS COMO NADA...   Sex 27 Abr 2012, 19:38

-


Última edição por Miguel Eduardo Gonçalves em Qui 21 Ago 2014, 14:44, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miguel Eduardo Gonçalves



Mensagens : 126
Data de inscrição : 19/04/2012

MensagemAssunto: Re: Decassílabos desclassificados   Sab 12 Maio 2012, 19:16

-
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Decassílabos desclassificados   Dom 09 Nov 2014, 17:25

Tântrico...

Sem demora enamoro-me de ti.
Se demoras me rasgo em solidão...
Se tu moras aqui nesse meu peito
e namoras meu eu... Eis-me aos teus pés!

Se te canto o meu canto é profissão
dessa fé nos instantes que vivi.
Tu me encantas e contra algum revés
desencanta a tristeza, és desse jeito!

Teu olor é de flor, verde aloés
teu olhar me desnuda e eu aceito
Teu sabor, gosto bom, quando senti
me perdi, me entreguei para a paixão...

Tuas tíbias em "v", mundo perfeito,
que revela os tons ditos pastéis
atraindo o meu eu sem compaixão
e eu não quero parar, já me perdi...

Ronaldo Rhusso


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Decassílabos desclassificados   Seg 01 Fev 2016, 07:32




O texto, em seu estilo quase livre, com o qual homenageio John Milton que em seu Compêndio Paradise Lost escrito em 1667 usou Versos Decassílabos, porém sem rimas... Fico pensando nos “Modernistas”, avessos à rima... Atrasados e muitos nem sabem! Usei tônicas padrões do verso heroico. 

A 1º de fevereiro de 1974 ocorreu um lastimável incêndio no edifício Joelma que levou o nome da empresa que o “construiu” (191 vítimas fatais). No mesmo local, em 1948, um precoce professor de Química Orgânica da USP, aos 26 anos, matou e enterrou num poço a mãe e três irmãs. Daí o estigma que acompanha aquele local nada poético...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: AUGUSTO DOS ANJOS   Ter 20 Dez 2016, 02:23




Augusto de Carvalho Rodrigues dos Anjos foi poeta brasileiro, identificado muitas vezes como simbolista ou parnasiano. Todavia, muitos críticos, como o poeta Ferreira Gullar, preferem identificá-lo como pré-modernista, pois encontramos características nitidamente expressionistas em seus poemas.

É conhecido como um dos poetas mais críticos do seu tempo, e até hoje sua obra é admirada tanto por leigos como por críticos literários.

Um personagem constante em seus poemas é um pé de tamarindo que ainda hoje existe no Engenho Pau d'Arco.


Faleceu no dia 12 de novembro de 1914.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE   Ter 20 Dez 2016, 02:32



A Feira do Livro de Porto Alegre é uma das mais antigas do País. Seu idealizador foi o jornalista Say Marques. Inspirado por uma feira que visitara na Cinelândia no Rio de Janeiro, Marques convenceu livreiros e editores da cidade a participarem do evento.

A Praça da Alfândega era um local muito movimentado na Porto Alegre dos anos 50 e de 400 mil habitantes. A primeira edição, que começou no dia 16 de novembro de 1955, contava com 14 expositores, sendo as bancas criadas pelos carpinteiros da Livraria e Editora Globo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: MILTON AFONSO...   Qua 21 Dez 2016, 15:05




Milton Soldani Afonso. Advogado, empresário e missionário. Nasceu no dia 12 de dezembro de 1921 na cidade de Nova Lima, perto de Belo Horizonte, MG.

De origem muito pobre, dedicou-se muito cedo a estudar com o intuito de ser um vencedor. Enquanto cursava a Faculdade de Direito trabalhava para custear os estudos e pagava as despesas de alguns colegas. Fundou a Golden Cross, criou a Universidade de Santo Amaro (UNISA), hospitais e clínicas e, durante décadas, custeou os estudos de mais de setenta mil jovens que se tornaram, médicos, advogados, engenheiros, teólogos, arquitetos...

A sua determinação em ajudar outros a vencerem na vida não foi divulgada pela mídia, mas ficará nos anais da Eternidade como atos de um homem que aprendeu a dividir o sucesso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Decassílabos desclassificados   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Decassílabos desclassificados
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Descanso das Letras :: PRODUÇÃO LITERÁRIA :: Decassílabos-
Ir para: