Descanso das Letras

Discussão acerca de Literatura
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Versos livres ou versos brancos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3 ... 12 ... 23  Seguinte
AutorMensagem
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Versos livres ou versos brancos   Seg 15 Nov 2010, 23:54

Abacate

Eu te quis abacate em vitamina
e o doutor me falou todo amuado:
"— Tu não vês que'sse bicho é gorduroso"?

Ah! Mas um dia eu bebi com pouco leite
e escorreu pelos cantos... Mãe gritou:
"— Ô minino danado! Vai melar tua farda e não vais sair assim!

Eu sou torto, sou todo alangé e abacate me faz mal, disse o monstro!


Ronaldo Rhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Ter 16 Nov 2010, 00:17

Hã?

Há cesura?
Há censura?
Eis que é sura e impele o verso...
Alto lá!
Alcorão!
Algodão para ouvir disperso...
Há alma no ser?
Há que se fazer?
Fazer o que se sou sem sal;
Sem cal...
Insosso
Sossegado,
Ó, pra reta!
Portento,
Por dentro!
Pô! Eis-me atento...
Poeta.
Pra que mais?

Ronaldo Rhusso
[b]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
Mariah Bonitah

avatar

Mensagens : 16
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Eu te amo!   Ter 16 Nov 2010, 13:06


Amo-o por inteiro
Ocupando tempo-espaço
Circunstância e fato
Esperança que dá vida

Posso pensar o futuro
colorido...

Ao longo do tempo
Esperança amar

Sem dia cinzento
Arco-íris de amor

Ligeira, feliz
amante...
Sim!
Amo-o por inteiro.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paisagemdeamor.blogspot.com/
HM Estork CCoelho

avatar

Mensagens : 24
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 42
Localização : São Sebastião- SP

MensagemAssunto: Versos livres ou versos brancos   Ter 16 Nov 2010, 19:09

Sem sentido


Que sentido tem passarmos as horas
Remoendo pedaços tristes dos queijos da vida?
Que sentido tem acompanharmos
O ponteiro dos segundos de um relógio
E escutar a todo instante
O cuco disparando sua hora findada?
Que sentido tem todas as coisas nesta vida
Se não tivermos e sentirmos o amor?
O grandioso, o fraterno, o incondicional
E quase impossível...
Que sentido tem se vivermos a vida sem desafios?
Hein, hein, hein?!?

HM Estork CCoelho
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mariah Bonitah

avatar

Mensagens : 16
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Êxtase   Ter 16 Nov 2010, 20:35

Tua voz soa clara, urgente...
Juras tão belas!
Sabes o que espero
Adivinhas o que te peço
Sem que haja palavras.
Mãos que anunciam venturas mil,
beijos sussurrados,
desejo aflorado,
êxtase explodindo em milhares de gotas
de estrelas.

Calmos,
calamos no tempo,
deixando o corpo correr
no sentimento do desejo.
A quimera...
E o êxtase renasce.


Última edição por Mariah Bonitah em Qua 17 Nov 2010, 19:58, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paisagemdeamor.blogspot.com/
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Paralelo   Ter 16 Nov 2010, 21:04

Paralelo...

"  - Eu já nem tenho fome...
Tenho azia, tio"!
Disse o moleque com cara de quem nada comeu.
E não comeu mesmo!
Não comeu nem o torresmo que jogaram na caçamba.
É que os homens corredores foram mais rápidos outra vez...
Dou-lhe meras cinco pratas
e imagino se o Thinner vai cheirar esse moleque um pouco mais...
Eita vida cheia de contrastes,
de desastres todo dia,
todo tempo em todo canto
e o canto dessa Igreja
eu ouvi, mas foi passado
porque não apanho mais
das noivas vis de Jesus Cristo.

Ronaldo Rhusso


Última edição por RONALDO RHUSSO em Sab 29 Nov 2014, 10:20, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
Mariah Bonitah

avatar

Mensagens : 16
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Qua 17 Nov 2010, 15:45


Desejo

Mãos suando...
Essa incerteza de tocar.
A boca teima em não pertencer,
Mas no sorriso apossa meu olhar;
o meu coração que então vem (me) bater
e esse passeio sem rumo
do arrepio gelado em meu corpo,
num silêncio cheio de significado...
Teus feromônios são palavras...
Ouço-as soluçando que reveles para mim
o que sai em tua loteria do não e do sim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paisagemdeamor.blogspot.com/
rommel

avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 30
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Qui 18 Nov 2010, 20:41

SE VOCÊ QUISESSE RESSUSCITAR


Ah! Se você pudesse ressuscitar
Do sepulcro em que está deitada!...
Se você fosse minha nova e antiga namorada
Você restauraria o meu cantar.


Se você se erguesse do túmulo
Se você se enterrasse
no meu coração...


O céu se abriria
As flores agora cantariam...
Cintilariam teu nome no pôr do sol!


Se você pudesse ressuscitar...
Se as flores pudessem brilhar...
Se você quisesse ressuscitar!


Rommel Werneck


Poema escrito a 24 de dezembro de 2007 em S.B.C. (São Bernardo do Campo)

Rommel Werneck
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.poesiaretro.blogspot.com
HM Estork CCoelho

avatar

Mensagens : 24
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 42
Localização : São Sebastião- SP

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Sex 19 Nov 2010, 08:33

Gosto de fel

Ah! Que desta vida nada se leva
Senão os bem feitos e os maus também.
Não me venham com choro e nem vela
Porque até para a paz se faz guerra.
E nas palavras, ora dóceis e afáveis
Até mesmo nelas, em certa horas,
Podemos sentir o gostinho do fel.

HM Estork CCoelho
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Dom 21 Nov 2010, 00:14

... DE AMOR A PULSAR, TUA!

Teu versejar me acolhe. Não me tolhe, mas me rendo!
Vou-te vendo como estrela que em constelação reluz.
Causa inveja a tantas outras que queriam o teu brilho.
Perdem trilho e a órbita em ciúme contumaz.
Esses teus olhos, resíduos do infinito céu, tão lindos!
São bem vindos a me olhar; perscrutar o id excelso.
Quero o doce da tua boca. Quero o mel daquela gruta!
Minha mente, arguta, ferve mais que o sangue em tenra veia.
Vem ateia mais o fogo! Esse é o rogo do poeta!
Vem aquieta-te ao meu lado. Vem, qual fado, apaixonar!
Sorve o ar que eu respiro! Sente o entontecer gostoso!
Se eu gozoso te desejo é que o ensejo me consome.
Não tem nome dá-me o beijo, sente o falo! Falo, tome!
Oh! Querida, prenda amada! Sente a espada de amor a pulsar tua.


Ronaldo Rhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Dom 21 Nov 2010, 00:15

Viajando...


Trampled Under Foot martelando
E, eu, nesse recordar de cada transa.
Ou talvez das, assim, regidas
Nem penso em voltar a elas...
Lembranças são viscerais e intrigantes.
Mas o daqui pra frente tem a susrpresa.
Boa coisa de se desejar num curto coito fortuito...


Ronaldo Rhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Dom 21 Nov 2010, 00:18

Deixo a toalha cair...

Deixo a toalha cair;
Deixo delir o pudor.
Deixo o ardor compelir
O luzir de seu olhar quase em dor.
Deixo o amor sussurrar:
"-Vem provar falo pulsante;
Vem rasante a cavalgar!
Vem se dar; vem confiante!"
Doravante hei de primar
Por ser bel'e sem par muralha.
Então, me valha! Vou deixar
Tudo no ar sem a toalha!

Ronaldo Rhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Dom 21 Nov 2010, 00:22

Executado

Cadafalso empertigado, cujo olor beira alecrim
és convite inescusável, e se declino, ai de mim!
Vais se abrindo e em ti eu caio e um gemido me é tomado.
Ao cair, confesso, o falo, da tristeza separado,
pro Nirvana flutuando, estocando o fio na agulha.

Cadafalso embriagado com meu jeito de molhar
doces lábios com a chama que pra seca é ludibrio,
suga o eu que nunca pensa e se deixa esconder.
Cadafalso és a cachaça; és o vício que não largo!
Não me importa o endereço, pois, algoz, sou de mim mesmo...

Ronaldo Rhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Dom 21 Nov 2010, 00:27

Delírios


Meu corpo de desejo estremece,
sinto a presença do ausente
que aos poucos me aquece.
Com carícias me deixo levar,
pelos poros do desejar,
devaneios que se tornam reais.
Não tenho controle e nem quero ter...
É aqui que você está.
No silêncio do quarto,
na cama vazia, na pele fria.
Onde você está?


Ronaldo Rhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Dom 21 Nov 2010, 00:32

...Doce gruta, bela e quente...


Se ao longe o regaço dessa, a quem me faço vassalo, está desocupado;
De bom grado imagino ser meu, mero plebeu, tépido refúgio desejável!
Sei ser adorável, dela, cada afeto. Circunspecto sinto o ar me deixar sereno...
Ameno deve ser o recôndito pulsante, vibrante em sua calidez!
Minha tez denuncia essa fantasia com frenéticos tremores.
Imaginar-me em ardores entre as flores do meio dela,
Faz-me ver em aquarela o que prescruta minha mente: doce gruta, bela e quente...

Ronaldo Rhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
Flá Perez



Mensagens : 1
Data de inscrição : 20/11/2010

MensagemAssunto: ESPECIARIA   Dom 21 Nov 2010, 22:02

À espera submarina
do peixe - dos - terremotos,
ela sonha seus versos toscos:

alegorias escondidas
em margaridas sulferinas
e antigos signos mortos.

Lá no fundo do barco,
nos porões do que foi,
estão seus olhos de ontem.

Esses velhos marinheiros
repetem o fog sob os cílios.

Incrustrados,
não reconhecem cenário,
pátria, ilha ou parada,
nem quando vêem os filhos.

Com lentidão de sereia,
a mulher que desveste o espelho
à boca soma acalantos.

E guarda que nela se afoguem
outros lábios vermelhos,
inchados
de tanto prazer e pranto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
JUDAHBEN-HUR

avatar

Mensagens : 23
Data de inscrição : 19/11/2010

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Ter 23 Nov 2010, 20:23

Eu...

Bebo-te a largos sorvos
alienado e frenético
como quem bebe
em taça de raso umbigo,
que lindo!

Bebo de tua cascata
que qual ventana me sugao eu
como quem quer me guardar
apenas por pouco tempo:
u'a Eternidade profunda!

Bebo de tua boca
que estremece na minha
e deita a mão no instrumento
a dedilhar com perícia.

Bebo teu eu profundo
profundamente alijado
co'esse teu gozo gritante
eletrizante e sincero...

Ben-Hur
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rommel

avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 30
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Qua 24 Nov 2010, 06:39

Karinna escreveu:

Orquídea Azul*

eu queria uma orquídea azul
um sol aquecendo as pétalas
um verso perfumado
que atravessasse minhas artérias...


eu queria uma orquídea azul
um carinho soprado de vida
entre meus dedos longos
sentir-me entre as rugosas fímbrias...


eu queria uma orquídea azul
como se fosse um teu beijo
de olhos da fé que me comovem
sentir-me corpo de um poema jovem...


ah, eu queria uma orquídea azul
mas que fosse tua parte próxima
esse sonho que dorme nas minhas pestanas
como amor-flor que me ama.


eu queria uma orquídea azul...


Karinna*



Belíssimo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.poesiaretro.blogspot.com
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Qui 25 Nov 2010, 01:00

Até quando?

Eu agora vou dormir
sem a tua efervecência,
seu teu cheiro que me entonta,
sem certeza que me prenda,
sem a pétala que é linda,
tão rosada e tão vital!

Eu agora estou na mão;
e na mão o meu amigo,
sem o olor que é perfumado,
só enfado dessa espera...

Ronaldo Rhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Qui 25 Nov 2010, 01:18

Remember...


Ah! Fecho os olhos pra te enxergar melhor e uma espécie de tremor percorre-me a alma!
Cada traço, em tua tez maravilhosa, me é delírio, minha querida!
Quão feliz me sinto por ter contemplado as digitais do Altíssimo!
Enquanto a distância é cruel inimiga, transmitimos excessos de ardor via pensamentos em comum;
Até os anjos com seus cuidados, por nosso amor, se ressentem dessa ausência de corpos!
Sorrio ao lembrar que conjugamos o verbo arrebentar no sentido de explodir-mos de amor!
O teu cuidado me é faltoso e eu me sinto desamparado em demasia...
Como tem sido, para ti, cada pôr-do-sol, amada minha?
Sendo tu mesma meu solzinho, vivo os dias em obscuridade, mas ainda assim sei que brilhas para outras almas tão carentes dessa glória nada repentina...
Lembras das nossas ardentes travessuras?
Chamavas-me e eu voava para servir-te de montaria e num galope estremecias os alicerces das nossas almas...
Não tens idéia de como eu via a tua face num sofrimento que já beirava a boa loucura!
Os nossos lábios se encaixavam como se fosse lugar comum; e tu tremias feito menina e a gratidão era tão nítida em tuas lágrimas!
Teu apetite me espantava e eu trazia o céu pra ti.
Eu tinha medo por tua saúde, mas tu sorvias com tanta força!
Eu me espantava com meu vigor que era tremendo e compassado; o leito quieto observava o nosso gozo admirado!
Quando eu partia a minha alma diminuía dentro em mim!
Eu te trazia nesse meu peito que é teu recôndito, minha menina!
Agora eu fico aqui perdido sem tua voz que me deixava tão molinho!
Em meu silêncio, bebo o escuro e me escuso de amar de novo.


Ronaldo Rhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Qui 25 Nov 2010, 01:20

Pausa

Acordei com esse gosto de mistério
que tens em tua pele.
Levantei tendo, ainda, na mente a prece oferecida...
Dediquei-me ao trabalho com dó dos que fazem por obrigação.
Dei essa pausa pra brincar com minhas amigas, as palavras...


Ronaldo Rhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Qui 25 Nov 2010, 01:25

Quero mais do que o céu limita!


Se o céu é o limite, tou ferrado! Acredite!
Ví o céu no olhar dela! Sabe aquarela de dia ensolarado?
Mal grado não te-la em tela, a bela me fez ver céu iluminado!
Apaixonado pelas estrelas de cada verso diverso de mim,
Vejo-me assim enclausurado; No céu resguardado por meu tudo, enfim...

RRhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Qui 25 Nov 2010, 01:28

SEIOS DE DEUSA!





Mas que luz é essa que atrai ohar e subtrai da que se sente desnudada?
Que luz danada, em dois faróis que brilham e trilham corpo estremecido!
Nesse olvido de tempo e espaço, o nada escasso desse luzir fá-la sentir-se invadida!
Se a aludida luz concentra o foco no corpo que evoco ser de tez aveludada,
Eis que a chamada lucidez a abandona e traz a tona desejos encobertos;
Mas os despertos faróis em forma de luzidio olhar a faz gritar pro interior que a quase dor lhe chama a atenção pro umidificar a gruta-flor...
Mas, por favor, diz que luz é essa que se concentra e adentra até o mais profundo produtor de espamos que terminam ao deixar um outro olhar feliz por esse lumiar?
]Ah! Belos pomos!

Ronaldo Rhusso


Última edição por RONALDO RHUSSO em Qui 25 Nov 2010, 09:05, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Qui 25 Nov 2010, 01:32

Jardineiro

Os arroubos perseguindo
E persigo só a rosa olorada qual incenso exalando a grã fragrância!
Como é linda e mui macia!
E o sabor inexplicável eu há muito elegi.
De indaca que bem prova e provoca uns arrepios
O sorver o néctar nobre é u’a coisa grandiosa...
Rosa que eu embalo e dança e eu feliz quase sufoco,
És um mundo de prazer! Teus estoques jamais cessam.
És portal do paraíso, oferenda de Afrodite!
Teu poder é conhecido, mas apreciado pouco.
É preciso percorrer como mestre esses teus polens!
E eu sem a tal de modéstia dou-te o trato que suplicas...

Ronaldo Rhusso


Última edição por RONALDO RHUSSO em Qui 25 Nov 2010, 01:33, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
RONALDO RHUSSO

avatar

Mensagens : 1517
Data de inscrição : 15/11/2010
Idade : 48
Localização : Via Láctea

MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   Qui 25 Nov 2010, 01:32

Outra bela história

Vejam só que coisa triste quando estão longe um do outro!
Ela cheia de ternura. Ele muito cabisbaixo...
Nenhum pensa, realmente, mas se querem, se completam...
Quando ele encontra ela se transforma num torpedo,
Ela, bem hidratadinha, abre os lábios pro encontro!
Ela meio mãe do moço quer guarda-lo dentro em si!
O protege e até o suga, pr’ele nunca mais fugir.
Ele numa indecisão, entra e sai do aconchego.
Seu pulsar faz dela louca e o ar recebe olor sagrado!
Universo não existe e veloz ele a insistir,
Se derrama em hidratar inda mais, ela, que sorve
seiva que comete a vida e faz mais desses louquinhos...

Ronaldo Rhusso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ronaldorhusso.wix.com/ronaldorhusso
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Versos livres ou versos brancos   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Versos livres ou versos brancos
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 23Ir à página : 1, 2, 3 ... 12 ... 23  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Acidente Aqueduto das aguas livres em Lisboa
» Auditório
» MD-11 "FIRST FLIGHT" - Winglets refeitos, opiniões são benvindas!
» Olá!
» Criações Livres

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Descanso das Letras :: PRODUÇÃO LITERÁRIA :: Versos Brancos-
Ir para: